26.09.2016
7

I Hate Mondays: fashion victim!

Fashion Victim ou vítima da moda. Você sabe o que significa isso?

Semana passada aconteceu à semana de moda do Shopping Barra, o Barra Fashion. (Em paralelo a ela, as dos outros shoppings da cidade, também!) E na quarta feira rolou um talk show bem legal com Mônica Salgado. Nele, ela contou sobre bastidores das revistas, coisas que acontecem na redação e que nenhuma leitora imagina e também falou sobre moda, modismos e tendências, listando as principais apostas para o nosso verão. Foi aí que eu me peguei pensando: após uma semana de moda, como absorver todas estas informações sem se tornar vitima da moda?

Fashion Victim é uma expressão inglesa que significa “Vítima da Moda”. É usada para designar aqueles que seguem religiosamente todas as tendências sem pensar na própria personalidade. O termo surgiu com o estilista Oscar de La Renta para classificar as pessoas que não possuem filtros na hora de comprar e, simplesmente, vestem tudo o que acham pela frente misturando tudo que está na moda na mesma produção, embaçando a sua imagem pessoal.

E é exatamente isso que acontece com muitas mulheres. Ao receberem a “chuva de informação” querem mostrar que estão por dentro de todas as novidades e perdem a identidade e o estilo próprio. Jaqueta bomber, blusa ombro a ombro, jeans destroyed, oxford, bandanas, t-shirt sobreposta à regata, tênis branco, tudo isso está na moda, mas já pensou que excesso de informação utiliza-las todas de uma vez só?!

Só me vem esta imagem a cabeça. Miranda, de O Diabo Vesta Prada, recriminando! haha

Após uma semana de moda, pensem no seu estilo próprio, no que vale a pena apostar, mas sem perder a identidade. Pois como diria Glória Kalil: “Não há nada tão fora de moda do que estar na moda”. E lembre-se, você não precisa abandonar as tendências, basta transformar  para o seu estilo, e nunca, nunca, aposte em tudo em um mesmo look.

Escreva seu comentário